Blog

Blog Maxiplásticas

Aumento de glúteos: o que você precisa saber?

Estar com o corpo em dia para o verão é a preocupação de muitas brasileiras. Afinal, não é à toa que o Brasil ocupa o segundo lugar no ranking dos países que mais realizam cirurgias plásticas no mundo - perdendo apenas para os Estados Unidos. 

Na procura por curvas mais simétricas, pacientes recorrem a diversos procedimentos para valorizar o bumbum. Porém, o que difere uma intervenção da outra são os benefícios proporcionados pela cirurgia. A seguir, entenda quando o aumento de glúteos é indicado e quais são as principais diferenças entre as técnicas.

As cirurgias plásticas para os glúteos são indicadas para quem deseja ressaltar o volume das nádegas. Quando o interesse é realçar o contorno corporal, os procedimentos também atuam melhorando o tônus dos tecidos, tratando a gordura em excesso, a flacidez e assimetria.

Na MaxiPlástica, você encontra segurança e bem-estar a partir destes dois procedimentos:

Implante de glúteos

Também conhecida como gluteoplastia, essa cirurgia implanta a prótese de silicone por cima ou por dentro do músculo do glúteo. Realizada por anestesia geral ou epidural, a técnica dura aproximadamente uma hora e meia. Os modelos de prótese variam em tamanho (240 a 300 ml) e formato (oval ou redonda). 

A cicatriz é muito discreta e fica localizada entre a prega natural das nádegas e a parte interior, sem passar dos 7 cm de comprimento. Após a operação, o paciente pode sentir dor e desconforto nas primeiras 72 horas. Relatos de inchaço e presença de hematomas também são comuns nesta fase. 

Para que o procedimento seja bem-sucedido em todas as etapas, é imprescindível que a paciente siga as seguintes recomendações. 

  • Não se exponha ao sol;

  • Aplique gelo no local até 72 horas após a cirurgia;

  • Faça repouso com a cabeceira elevada;

  • Não durma de lado ou de bruços;

  • Troque as gazes sempre que necessário;

  • Uma vez por dia, passe curativo nas fitas;

  • Retorne ao consultório três dias depois da cirurgia para avaliação;

  • Agende sessões complementares de drenagem linfática.

Enxerto de gordura 

O enxerto consiste na aplicação localizada de injeções de gordura, retirada da própria paciente, com o objetivo de preencher áreas que perderam volume e contorno. Para realizar o tratamento é preciso recolher a gordura de áreas em que ela se encontra em excesso, como barriga, costas ou coxas, por exemplo. Essa etapa é realizada por meio de lipoaspiração. Depois, a gordura é tratada e purificada para ser reutilizada no procedimento.

A cirurgia dura cerca de uma hora e, geralmente, a paciente recebe alta após dois dias. Logo nos três primeiros dias após a intervenção é comum sentir dores na região. Assim como no implante de silicone, reforçamos que a paciente deve evitar esforços, exposição solar e compressão da área nas primeiras semanas. 

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco pelo site ou pelo WhatsApp e marque sua consulta. Confira todos os procedimentos que oferecemos aqui.