Blog

Blog Maxiplásticas

Cinco perguntas e respostas sobre Rinoplastia

A Rinoplastia, conhecida como Cirurgia do Nariz, é um procedimento estético indicado para pacientes que estão insatisfeitos com o formato ou espessura do nariz. Essa cirurgia tem como principal objetivo harmonizar a simetria do rosto, ainda que também tenha resultados na melhora da respiração nasal. 

Na lista das intervenções mais procuradas no Brasil, a Rinoplastia é capaz de aumentar ou diminuir o volume do nariz, dar projeção à ponta, tornar as asas nasais mais finas e reduzir a giba óssea - ou seja, o “osso” com inclinação evidente que confere aspecto de nariz caído. 

Neste blog, listamos as cinco perguntas mais recorrentes entre os candidatos à operação e os cuidados que devem ser respeitados durante o pré e o pós-operatório. 

Quem pode fazer a Rinoplastia?

Além da aparência, a Cirurgia do Nariz é recomendada para procedimentos nasais, como a correção do septo nasal e a turbinectomia, que trata da retirada da carne esponjosa (cornetos nasais) - estrutura que costuma potencializar reações alérgicas. A Rinoplastia pode ser realizada a partir dos 15 anos de idade, período em que o desenvolvimento facial já está completo.

Como é feita a cirurgia? 

A Rinoplastia é feita por duas técnicas: procedimento fechado ou aberto. Na primeira, as incisões são escondidas no interior do nariz. Já na segunda, os cortes são feitos através da columela, região de tecido que separa as narinas. 

As incisões permitem que o cirurgião acesse os tecidos mais moles do nariz para remodelar a estrutura, podendo reduzir ou mesmo aumentar seu tamanho a partir de cartilagens enxertadas de outra região do corpo. Quando isso acontece, é comum utilizar a cartilagem do septo no processo. Além disso, as cartilagens da orelha e da costela também podem servir como preenchimento.

Depois que a estrutura do nariz é esculpida conforme o desejado, a pele e o tecido nasal são acomodados e as incisões são fechadas. 

A técnica pode ser feita através de anestesia local ou anestesia geral. Considerado um procedimento simples, a rinoplastia tem duração média de 1 a 2 horas.

Quanto tempo leva a recuperação?

O paciente submetido à cirurgia tem alta hospitalar no mesmo dia do procedimento. Caso a rinoplastia tenha finalidade funcional, a internação pode se estender de 12 a 24 horas. 

Sangramentos nasais podem ocorrer logo nas primeiras 48 horas após a cirurgia. Se o quadro persistir em grande escala, o paciente deve aplicar uma bolsa de gelo sobre a região afetada. 

A obstrução nasal também é um sintoma comum. Caso a respiração fique bastante comprometida, é possível realizar uma limpeza das narinas com soro fisiológico. 

O pós-operatório exige que o paciente evite esforços nas primeiras semanas de recuperação. Além de cuidados como evitar exposição solar e interromper as atividades físicas, os cirurgiões recomendam que os banhos não sejam tão quentes. 

Posso ficar com cicatrizes?

As incisões realizadas pela parte interna do nariz não permitem que as cicatrizes sejam perceptíveis. Em casos especiais, pode haver pequenas incisões na parte inferior da ponta do nariz, ou nos sulcos entre as narinas e o rosto, igualmente difíceis de serem notadas.

Quando os resultados se tornam visíveis?

A mudança poderá ser percebida a partir do primeiro mês após a cirurgia plástica. O inchaço ainda pode permanecer, mesmo que em pequeno grau, por até 6 meses.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco pelo site ou pelo WhatsApp e marque sua consulta. Confira todos os procedimentos que oferecemos aqui.