Blog

Blog Maxiplásticas

Fique mais bonita: 6 cirurgias para o rosto

A aparência do rosto é responsável pela primeira impressão que causamos nas pessoas, e está diretamente ligada à nossa autoestima. Não é à toa que muitas sofrem com inseguranças por alguma característica que as desagrada nesta região. Mas hoje existem, ao menos, seis tipos de cirurgias plásticas que podem ser feitas na face para corrigir essas imperfeições. Conheça cada uma delas!

 

1) Cirurgia do Nariz/Rinoplastia:


Por estar bem no centro do rosto, o nariz é um ponto de muito destaque, podendo mudar drasticamente a aparência de uma pessoa. A rinoplastia pode ser feita com o intuito de melhorar a proporção do nariz, deixando as feições mais harmônicas.

É considerada uma cirurgia simples, podendo levar de 1 a 2 horas. Durante o procedimento é aplicada anestesia geral ou local, e os desconfortos durante o pós-operatório são facilmente controlados com analgésicos receitados pelos médicos. Dependendo do ritmo de recuperação de cada pessoa, a rotina de trabalho pode ser retomada em 7 a 15 dias.

As mudanças podem ser percebidas a partir do primeiro mês. Um pequeno nível de inchaço pode permanecer por até seis meses após a cirurgia, quando o resultado se torna definitivo. Confira mais informações sobre rinoplastia neste link.

 

2) Lifting/ritidoplastia:

 

Com o objetivo de rejuvenescer o rosto, este procedimento corrige rugas, flacidez das bochechas, aspecto caído no contorno da mandíbula, o popular “bigode chinês” (rugas ao redor da boca) e o acúmulo de gordura na região do queixo, através do reposicionamento da musculatura e da eliminação de excessos de pele. Em alguns casos, também pode ser alterado o formato das pálpebras.

O procedimento pode durar de 2 a 6 horas, dependendo da complexidade do caso. Quando todas as orientações para o período de recuperação são seguidas corretamente, a cicatriz tende a se tornar imperceptível. As atividades normais podem ser retomadas após uma semana. Aquelas que requerem mais esforço, no entanto, devem ser realizadas somente após o período de 15 dias.

Mais informações sobre o lifting facial estão disponíveis aqui.

 

3) Cirurgia de orelha/otoplastia:

 

Melhorar a forma, a posição e as proporções das orelhas, considerando o que tornaria o rosto do paciente mais harmônico, é o objetivo da otoplastia. Ela é comumente utilizada para diminuir as chamadas “orelhas de abano” e também trata deformidades causadas por traumas e lesões. Pode ser feita desde a infância, após as orelhas alcançarem seu tamanho definitivo, o que geralmente ocorre aos seis anos de idade.

 

Na maioria dos casos, a anestesia aplicada é local, e o procedimento dura entre 45 (se unilateral) e 90 minutos (quando bilateral). As cicatrizes ficam escondidas atrás da orelha, e tendem a ficar imperceptíveis com o passar do tempo, já que a pele da região é muito fina. Apenas dois dias após a cirurgia, já é possível retomar às atividades normais. Exercícios costumam ser liberados após um mês, enquanto esportes mais pesados podem levar até dois.

Neste link estão disponíveis mais informações sobre a otoplastia.

 

4) Blefaroplastia/pálpebras:

 

Se você quer ter um olhar mais descansado, rejuvenescido e suave, a blefaroplastia é o ideal. Este procedimento tem o objetivo de eliminar ou suavizar bolsas que se formam ao redor das pálpebras com o passar dos anos, permitindo uma maior harmonização dos traços do rosto.

A blefaroplastia leva em média 90 minutos, geralmente sendo utilizada apenas uma anestesia local. As cicatrizes ficam praticamente imperceptíveis, ou podem ser disfarçadas com uma leve maquiagem. Após uma semana, já é possível ver resultados muito próximos da versão final. Durante o pós-operatório, são raras e suaves as dores relatadas pelos pacientes, podendo ser controladas com analgésicos prescritos pelo cirurgião. As atividades rotineiras podem ser retomadas após uma semana.

Confira mais informações sobre a cirurgia nas pálpebras através deste link.

 

5) Dermoabrasão/pele:

 

Ao ocorrer o lixamento das camadas superficiais da pele da paciente, podem ser eliminadas manchas, cicatrizes, estrias, rugas profundas e até mesmo tatuagens. É utilizado um instrumento abrasivo rotatório, que melhora a aparência do rosto deixando a pele mais lisa e suave.

Variando de acordo com a profundidade das marcas, o procedimento leva de alguns minutos a uma hora e meia. É utilizada apenas anestesia local e sedação leve. Geralmente, as pessoas podem retomar as atividades em 7 a 14 dias, mas deve ser evitada exposição direta ao sol por até 6 meses, dependendo do caso.

Reunimos mais informações sobre a dermoabrasão neste link.

 

6) Implante de queixo e mandíbula/mento e maxila:

 

O queixo e a mandíbula dos pacientes podem ter forma e tamanho modificados através da mentoplastia e do implante de mandíbula, que são feitos com próteses de silicone ou segmentos ósseos. Este procedimento possibilita o avanço ou recuo da estrutura local.

Quando não combinada a outros procedimentos, a anestesia é local. No entanto, é recomendada a associação da cirurgia de queixo e mandíbula com a rinoplastia, já que a mudança destes traços acaba alterando a percepção do tamanho do nariz. Assim, é alcançado um melhor equilíbrio estético entre os traços do rosto. As atividades podem ser retomadas em 7 a 15 dias.       

Quer saber mais sobre este tipo de cirurgia? Acesse este link agora.

E agora que você já sabe um pouco sobre cada uma das cirurgias que oferecemos, ficou mais fácil de escolher qual mais se encaixa com suas necessidades? A MaxiPlástica está sempre aqui para lhe ajudar a alcançar suas metas e a melhorar sua autoestima. Entre em contato conosco agora mesmo através deste link e marque sua consulta.